01 março 2018

per aage brandt / quando duma coisa


  
*
quando duma coisa
decorre outra
e desta decorre
outra vez a primeira
então a primeira
não vale a pena

*

per aage brandt
livro da noite
trad. maria joão reynaud
poetas em mateus
quetzal
2004








1 comentário:

Gil António disse...

Boa tarde. Concordo na íntegra com as palavras da publicação
.
Deixando cumprimentos poéticos
E votos de um feliz fim de semana.