31 março 2018

vasco graça moura / o mês de dezembro




I
continuamente, escuta, me destruo
e as longas águas sem sossego fogem
e os ossos de dezembro coincidem
e são do inverno estas metamorfoses

não falarei da vida porque a vida
perdidamente triste se sustenta
de surdos pensamentos e desastres
e devagar a luz se lhe estrangula

sempre assim foi esta periferia
da escrita a desfazer-se e é no inverno
que nos olhamos com ferocidade
antes que o tempo devore outros discursos


vasco da graça moura
o mês de dezembro
poesia 1963/1995
quetzal editores
2007







1 comentário:

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Hoje é Domingo de Páscoa!
Páscoa é a festa que celebra a Ressurreição de Jesus Cristo. Jesus venceu a dor e a morte, Ele vive! Páscoa, é Alegria!
Desejo a você que as felicitações, os abraços que você venha a receber nesta data, dos seus amigos, familiares, e de todos aqueles que amam você, se revertam em muita saúde,
paz e prosperidade.
FELIZ E ABENÇOADA PÁSCOA!

Amei seu blog, seguindo! Lhe convido a conhecer o meu se gostar seguir, ficarei grata!