20 abril 2015

philippe soupault / perdida e reencontrada



Se me dizeis o que penso
e que o tempo foi perdido
creio que vos esqueceis
ou do acaso ou da verdade

Perdida na floresta
de esplendorosas verdades
a lua cala-se
e vós dormis

Os meus sonhos não estão à venda
e deles só dou o reflexo
do que queima e que devora
angústia amor à mistura



philippe soupault
poesia do século xx
(de thomas herdy a c. v. cattaneo)
organiz. e tradução de jorge de sena
editorial inova
1976




Sem comentários: