05 março 2015

federico garcia lorca / gazela do amor maravilhoso


Com todo o gesso
dos campos maus,
eras junco de amor, jasmim molhado.

Com sul e chama
dos céus maus,
eras rumor de neve no meu peito.

Céus e campos
prendiam correntes nas minhas mãos.

Campos e céus
açoitavam as chagas do meu corpo.



federico garcia lorca






Sem comentários: