03 abril 2019

antonin artaud / os seres




Os seres
não saem
para o dia exterior

Não têm outro poder
senão jorrar
na noite subterrânea
onde se formam.

Mas já há eternidades
que passam o tempo deles
que passam o tempo
a fazer-se
assim
nem um só
alguma vez se produziu.

É preciso esperar
que a mão do Homem
os tome e os faça
pois só
o Homem
não nascido e predestinado
                       tem
essa terrível
                       e
inefável
capacidade


tirar o corpo do humano
à luz da natureza
mergulhá-lo vivo
no luar da natureza
onde o sol o desposará
                        por fim.



antonin artaud
para acabar de vez com o juízo de deus
e outros textos finais (1946-1948)
trad. pedro eiras
flop
2019