30 dezembro 2017

bertolt brecht / algumas perguntas a um «homem bom»




Bom, mas para quê?
Sim, não és venal, mas o ralo
Que sobre a casa cai também
Não é venal.
Nunca renegas o que disseste.
Mas, o que disseste?
És de boa fé, dás a tua opinião.
Que opinião?


Tens coragem.
Contra quem?
És cheio de sabedoria.
Para quem?
Não olhas aos teus interesses.
Aos de quem olhas?
És um bom amigo.
Sê-lo-ás do bom povo?


Escuta pois: nós sabemos
Que és nosso inimigo. Por isso vamos
Encostar-te a paredão. Mas em consideração
Dos teus méritos e das tuas boas qualidades
Escolhemos um bom paredão e vamos fuzilar-te com
Boas balas atiradas por bons fuzis e enterrar-te com
Uma boa pá debaixo da terra boa.


bertolt brecht
poemas
selecção e trad. de arnaldo saraiva
presença
1976





Sem comentários: