18 agosto 2011

delfim lopes / esquisso



.
.
.

Podia até fazer-te um desenho
mas não há modo de dar forma
a certas indeterminadas coisas
e não tão poucas quanto isso
como por exemplo atribuir
corpo e face a um fantasma
ou que nome lhe dar quando
o vês apenas pela primeira
vez lívido diante de ti
do tom de uma folha em branco
não sei se me estás a perceber
ou se sempre terei de fazer
o tal desenho novamente




delfim lopes
 .
.



1 comentário:

Malu disse...

Olha que há coisas imensuráveis, mesmo que se faça um desenho delas não se obterá a sua transcrição...
Continuarão a serem brancas folhas tal qual são os fantasmas.
Abraços