18 março 2010

antonio orihuela / em vista do teu currículo




A condição política da classe operária está ligada à sua
condição económica; e sendo a sua condição económica a
de escravos do capital e dos poderes, a sua condição polí-
tica tem de ser também a de escravos.


Juan Cordobés, 1885







Em vista do teu currículo
decidimos
ficar contigo.

Entrarás por quinze dias renováveis,
e se fores bom, por três meses
prorrogáveis.


Ao princípio constarás na relação como auxiliar administrativo,
embora te devam ter dito que o que se reforma
é o contabilista.


Vamos contratar-te por quatro horas,
mas não te preocupes, trabalharás oito.
Dada a situação da empresa
pagar-te-emos essas à parte.
No total: 62.700 ptas. por mês,
embora os teus colegas, para completar,
façam três horas mais todas as tardes,
e vêm aos sábados meio dia.
Entre umas e outras coisas
passas das cem mil.


Bom, se não estiveres metido em política,
não queremos confusões com os sindicatos
nem trabalhadores conflituosos.
Ouviste o que Aznar disse
que faz falta para levantar este país, não?
Trabalho, Sacrifício e Tolerância.

Belo, não é?






antonio orihuela
poesia espanhola anos 90
trad. joaquim manuel magalhães
relógio d´água
2000



1 comentário:

evandro mezadri disse...

Belo texto, muito interessante.
Grande abraço e sucesso!