05 maio 2007

água-forte



5)



cheia
da lentidão das facas


a tua sombra
a cortar o tempo






gil t. sousa




2 comentários:

alice disse...

belíssimo.

lena disse...

Gil ler-te continua a ser um grande prazer

e tu escreves com tanta beleza, tanta emoção

é difícil ficar indiferente


um beijo meu amigo

lena