22 setembro 2005

posição política



Bananas

A banana tornou-se um fruto demasiado precioso para simbolizar esta república. O fungo da foleirice invadiu tudo. O país devia ser evacuado e desinfectado.

Já não serve de nada escolher entre um Soares e um Cavaco. O único protesto decente é abandonar o país aos seus ratos.




gil t. sousa








19 comentários:

afp763389 disse...

... :)

Caderno da Alma disse...

He... simbolismo e não passa disso. Tantos outros fungos invadem tudo e nem uma boa desinfecção seria suficiente! Escolher quem? Como se algum cumprisse o que promete. Concordo contigo... a indiferença será o melhor e tão pouco acreditar em quem tanto promete... o ciclo repete-se e nós gastamo-nos demasiado. Gostei do blog que encontri ao acaso. Parabens. Um abraço.

nuno travanca disse...

Só concordo se estivermos a falar de ratos de esgoto. Os ratinhos da Índia são giríssimos.

Adiante, gosto de bananas e aguardo que o estádio de sítio que por cá se tem vindo a instalar vá dar uma volta ao bilhar grande.

Este país sempre se valeu das suas pessoas, se elas partem em debandada estes "Republicanos anti-democratas quasi nostálgicos dos tempos da outra senhora", sem a arte e engenho que os caracteriza, conseguem dar cabo deste "rectângulo em bermudas" (não gosto do País em tanga...).

A minha sugestão a quem se encontra descontente é que o demonstre cabalmente: não virando as costas e/ou procurando noutros países mais e melhores condições deixando que estes "andouilles" pintem o país à sua imagem e semelhança.

Eu voto em branco... É um voto válido, uma vontade expressa que reporta que nenhuma força política, projecto ou candidato se adequam ao que julgamos ser melhor para o país onde vivemos.

Haveria muito para dizer...ficará para outra altura.

Um abraço extensivo a todos quantos visitarem o blog, sem excepção e a forte convicção de que vocês por terem nascido ou crescido em Portugal têm super-poderes para descascar a banana.

gil t sousa disse...

Não, o que eu proponho mesmo é uma espécie de dia sem pessoas. Um dia em que todos abandonássemos massivamente o país em sinal de protesto.

nuno travanca disse...

Se houver um movimento com esse intuito serei dos primeiros subscritores...

Tal como dou a cara pelo movimento do voto em branco...

lazuli disse...

adiro ao dia sem pessoas, conta comigo

Peter disse...

Estou, neste momento, a abordar o assunto no meu blog. Uma leitora mandou-me para aqui e ainda bem.

palavras que escrevo disse...

um dia em que todos abandonássemos massivamente o país em sinal de protesto, subcrevo e contem comigo, assim como afirmo que o meu voto será branco
um abraço

palavras que escrevo disse...

"um dia em que todos abandonássemos massivamente o país em sinal de protesto" . subscrevo inteiramente, contem comigo, assim como afirmo q o meu voto será em branco
um abraço
lena

lazuli disse...

Continua a escrever, fazes falta

terragel disse...

Comparar os políticos com as bananas é uma vergonha para as bananas.
té mais

Ernesto disse...

...nem sequer uma revoluçãozinha?
todas as gerações tiveram direito a uma! e eu?

só resta emigrar?

Sistermoonshine disse...

Podemos sempre votar num Poeta...

José disse...

Mesmo que o mais visível da pintura
sejam gatafunhos que se arrogam a grafitis
eu recuso-me a acreditar que seja esse o
denominador comum das artes plásticas por cá.
Mesmo que o mais audível seja o “pimba”
eu recuso-me a acreditar que seja esse
o denominador comum da música portuguesa.
Mesmo que o mais vendável e publicitado
na livraria da minha rua seja um manual
de etiqueta ou escrita cor de rosa ou laranja
ou de outra cor/paladar de uma moda qq
eu recuso-me a acreditar que seja esse
o denominador comum da nossa literatura.
Mesmo que o mais mediático no dia-a-dia
seja a politiquice, só temos de ter presente
que ela nem chega a ser política
(que isso por definição é o que interessa
ao povo e, fundamentalmente, lhe diz respeito)
só temos de mostrar que é um avo minúsculo
do que vale a pena.
Mesmo que me queiram meter os dedos
pelos olhos a dentro ... só morto.
Daqui não saio, a pretexto nenhum;
não me omito, ignoro o que não me interessa.
Fica aqui a minha sugestão.
Aliás… isto aqui
http://canaldepoesia.blogspot.com
até é para ser uma página de (#)poesia.
.
Grafiti

Ojo con Humos disse...

Hola, pasé por vuestro blog y tomé nota de la dirección, aprovecho de invitarles a visitar "Ojo con Humos" mi blog de poesía e ilustraciones:
http://ojoconhumos.blogspot.com/
Se renueva diariamente...

Agradecere cualquier ayuda para la difusión de esta publicación.
Mas información en: http://jaimeoddo.blogspot.com/

Un abrazo.

Jaime Oddo

nuno marujo disse...

nada a declarar sobre as bananas, mas .. sempre podes ir ao meu blog pouco (ou nada) divulgado
e nunca visitado
http://abcbloguissimo.blogspot.com/

Vasco Pontes disse...

... E não será o considerar que todos os políticos e afinal todo o país são indignos do seu respirar uma posição um bocadinho, um bocadinho, como direi, assim um bocadinho... bem um bocadinho como aquelas pessoas que julgam do alto de conhecimentos limitados, certezas levianas e, quantas vezes, confortáveis demissões ?
Doeu? Foi de propósito. Para que conste, não quero dizer que o autor da "Posição Política" seja uma dessas pessoas.
Mas lá que parece...

Lourenço disse...

Bananas? Não costumo, ao olhar-me ver-me no espelho! ;)

E vocês? aposto que sim!

Anónimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu