11 janeiro 2005

citações



“Acontece na vida de toda a gente. De repente, a porta que se fechou entreabre-se, a grade que se acabou de descer volta a erguer-se, o não definitivo já não é senão um talvez, o mundo transfigura-se, um sangue novo corre-nos nas veias. É a esperança. Pena suspensa. O veredicto de um juiz, de um médico, de um cônsul fica adiado. Uma voz anuncia-nos que nem tudo está perdido. Trémulos, com lágrimas de gratidão nos olhos, passamos para o aposento seguinte, onde nos pedem para esperarmos, antes de nos lançarem no abismo.”
Nina Berberova, Terra de Ninguém

1 comentário:

litle lucy disse...

"Man tiruva fána cirya,
Quem prestará atenção a um navio branco,

wilwarin wilwa,
incerto como uma borboleta,

ëar-celumessen
no mar fluente

rámainen elvië
em asas como estrelas,

ëar falastala,
o mar surgindo,

winga hlápula
a espuma soprando,

rámar sisílala,
as asas reluzindo,

cálë fifírula?
a luz desvanecendo?"

Bonita Reflexão
Black Rose