25 março 2008

o meu tempo (1960-1993)






Agora as pessoas
não sabem morrer
estar doentes
sofrer
ter prazer
tocar-se
dantes também não
(Ó mais nu
e branco dos homens)









adília lopes
caras baratas
antologia
relógio d´água
2004




2 comentários:

inominável disse...

acho que nunca souberam... mas agora perderam todas as ilusões de que poderiam vir a saber um dia...

Bruxinhachellot disse...

Não saber morrer implica não saber viver e isso a maioria não sabe.

Beijos desejosos.